A nova MPB

Fotografia por Felipe Assunçao - Não reproduzir sem o crédito do autor.

Definir um estilo para um grupo musical nem sempre é uma tarefa fácil. Os grupos musicais passam bastante horas dedicando entre composições, ensaios, e gestão da banda e para tudo quase tudo, precisa haver um rótulo. Em nossas discussões sobre projetos musicais e outros detalhes do dia dia de uma banda, esbarramos nas perguntas: “Quem somos?”, “Pra onde vamos?”, “De onde viemos?” e por ai vai. Acredito que uma banda sempre começa por um conflito existencial com a pergunta “Quem somos e o que fazemos?”. Nesse sentido, a pergunta “Que estilo musical pertencemos?” foi uma das mais comentadas e pensadas por nós. O fato é que entendemos que fazemos um som diferente do “mercado tradicional musical” e também interagimos no palco de maneira diferenciada, atuando com diversos instrumentos com um clima bem a vontade em nossas apresentações musicais.

Percebendo a dinamica e estilo de músicos como Cícero, Thiago Iorc, Thiê, Jay Vacker, dentre outros, percebemos algo em comum. Estes formam o que vem sendo chamado de “A nova MPB”. Assim como o sertanejo nunca deixou de ser sertanejo com o passar dos tempos, algo mudou… Passamos a reconhecê-lo como sertanejo universitário. Nesse clima de novidades e de aparecimento de uma turma super bacana no meio musical, cada vez mais percebemos a música popular brasileira se fortalecer por debaixo dos holofotes. Aquele cara tímido, que gravou suas músicas independentemente, cai na graça de um publico que curte músicas por vezes mais intelectualizadas e que também se identificam com o jeito mais introvertido de ser dos artistas. Será isso mesmo? Um fortalecimento de um publico e da música popular brasileira nos proximos anos?

Estou certo que teremos muitas novidades pela frente. Nós do Violão e Nós estamos seguindo firme para levar musica de qualidade para a comunidade, promovendo uma dinamica capaz de gerar fortes impactos na sociedade. Seguimos acreditando que o sucesso vem daqueles que acreditam no poder da música, da transformação e por isso, não nos cansamos de trabalhar em prol dos novos artistas.

E então? Como o Violão e Nós se define? O grupo também pertente a nova mpb?  Por hora, sim, somos também da nova mpb, mas acima de tudo, temos música no coração e mais do que rótulos, vale mais a sensação de estar em um palco, sentindo a energia das pessoas que se identificam com seu som, com a sua personalidade. E mais uma vez, seguimos firmes.